Entenda os tipos de dólar, suas diferenças e seus valores

É comum termos dúvida quando ouvimos falar em dólar de turismo e dólar comercial, que são dois tipos de cotação para a moeda norte-americana. Quais são os tipos de dólar que existem? Quais as diferenças entre esses tipo de dólar? Como o dólar é cotado, ou seja, como é dado o valor para o dólar? Essas são algumas perguntas que vamos responder aqui.

Cotação do Dólar e Taxa de câmbio

Certamente você já se perguntou de onde vem esses números que os noticiários, jornais e páginas da internet mostram sobre o "valor" do dólar aqui no Brasil, correto? Bom, no nosso país o dólar é comercializado livremente por quem vende e por quem compra. Isto significa dizer que é possível colocar qualquer valor que se quiser na moeda. Vamos a um exemplo prático:

  • Eu tenho US$ 1.000,00 (mil dólares) e com o mercado financeiro do Brasil na corda bamba, decido vender essa quantia de dinheiro que possuo da moeda americana para alguém que tenha interesse em compra-la. Pois bem... Eu simplesmente posso cobrar o valor que eu quiser em reais por essa quantia em dólar. Se eu quiser cobrar R$ 3,00 ou R$ 4,00 por cada dólar que tenho, eu posso fazer isso, o mercado é livre!

Vejam que é isso que acontece com as casas de câmbio (lugar onde se troca dinheiro) e os bancos. Eles podem cobrar o valor que quiserem pelo dólar. Aliás, é assim que o Banco Central determina a cotação da moeda, que nada mais é do que a média de preço praticada no mercado de câmbio. E agora que você tem essa informação deve estar pensando: "Ah! Então é por isso que o dólar está tão alto hoje. Por conta do período econômico complicado do Brasil, as pessoas estão vendendo o dólar a preços mais elevados e valorizando a moeda estrangeira aqui." Sim! É exatamente isso que está acontecendo.

Todos os dias o Banco Central (BC) divulga a média das taxas de câmbio praticada pelos bancos, chamada de PTAX (clique aqui para ver). Contudo, essa média é só referência, não é obrigatória. Ao acessar o link, você verá que existem dois tipos de taxas:

  1. Taxa de venda: preço cobrado pela casa de câmbio ou pelo banco para vender a moeda estrangeira;
  2. Taxa de compra: preço que o banco ou a casa de câmbio pagam quando compram a moeda.

Quando você vai comprar dólares para viajar para o exterior, por exemplo, vai pagar a taxa de venda, que é sempre alguns centavos mais alta do que a taxa de compra.

Tipos de dólar

Há três tipos de dólar:

  1. Dólar comercial: é o nome dado a cotação usada para importações e exportações. Muda várias vezes ao dia;
  2. Dólar de Turismo: é o nome dado a cotação para viagens e tratamentos de saúde no exterior. Muda várias vezes ao dia e costuma ser um pouco maior do que o dólar comercial;
  3. Dólar paralelo: é o nome dado ao dólar que circula no mercado paralelo, isto é, de forma ilegal. É negociado por pessoas ou empresas que não possuem permissão para comercializar o dólar e geralmente é mais caro do que o dólar oficial.

Quem pode comercializar o dólar?

Para ver a lista de agentes autorizados a comercializar a moeda, clique aqui.

Imposto sobre Operações Financeiras (IOF)

O IOF é um imposto cobrado para quem compra dólar, carrega o cartão de débito ou realiza compra com o cartão de crédito nessa moeda. A alíquota varia da seguinte forma:

  • Moeda: IOF de 0,38% do valor da moeda comprada;
  • Cartão de débito: IOF de 6,38% sobre o valor total colocado no cartão;
  • Cartão de crédito: IOF de 6,38% sobre o valor da compra feita. Se o valor for em outra moeda que não o dólar, este valor é convertido para dólar e o cálculo é feito a partir da conversão.

As taxas são sempre cobradas com a cotação do dia da moeda (dólar). Portanto, mesmo que você tenha feito uma compra com cartão de crédito em um dia com o dólar em um valor baixo, o valor da compra só será convertido para reais no dia do fechamento da fatura.

Altos e baixos

O dólar cai:

  • quando existe muita oferta da moeda no mercado interno. Por isso vemos algumas vezes o Banco Central dizendo que comprará alguns milhões de dólares para tentar reduzir seu valor no país;
  • quando investidores estrangeiros são atraídos para o país, também há aumento de circulação da moeda no país, o que faz com que seu preço caia.

O dólar sobe:

  • quando existe pouca circulação da moeda no país.

O mercado financeiro não é tão assustador ou obscuro quando começamos a entedê-lo, não é? Esperamo que tenham gostado da leitura e que, como sempre, tenha lhe sido útil de alguma forma. Se vir erros ou quiser fazer alguma sugestão, não esqueça de comentar ou nos escrever.

Compartilhe:

Você pode gostar...

Deixe uma resposta